Posto Hoje - Informação e serviços para postos de combustíveis
Logo Posto Hoje

INFORMAÇÃO E SERVIÇOS PARA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

Atualizado em

28 de julho

de 2014

POSTO HOJE É ENVIADA SEMANALMENTE  A MAIS DE 8.000 POSTOS DE COMBUSTÍVEIS. FAÇA TAMBÉM SEU CADASTRO.

Base da Petrobras em Santos vai sair do papel

 

Principal investimento aguardado por Santos e região no setor de petróleo e gás, a base de apoio às atividades offshore (alto-mar) da Petrobras está próxima de sair do papel. A estatal revelou, por meio da assessoria de imprensa, que a assinatura de contratação dos dois berços de atracação no Porto de Santos está prevista para o final deste ano. Mesmo sem divulgar as condições impostas, a Petrobras afirma ter convidado para a licitação operadores logísticos com experiência em movimentação de volumes compatíveis com a atividade offshore. A Tribuna apurou com um empresário do setor que grandes empresas do ramo portuário apresentaram propostas. De acordo com a Petrobras, o primeiro berço de atracação tem previsão para entrar em operação no segundo semestre de 2015. A segunda unidade inicia suas atividades no segundo semestre de 2016. Nos espaços contratados, a estatal fará carregamento e descarregamento de suprimentos para as plataformas da Bacia de Santos, que estão distantes cerca de 300 quilômetros da costa. A operação será em esquema 24 horas por dia, sete dias por semana.

Leia mais em
http://www.atribuna.com.br/cidades/base-da-petrobras-em-santos-vai-sair-do-papel-1.395000

 

Governo pode não aceitar volta da Cide, diz Cid Caldas

 

O coordenador de Açúcar e Etanol do Ministério da Agricultura, Cid Caldas, disse que a volta da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) e o reajuste da gasolina são dois pleitos "complexos" do setor sucroenergético e, por isso, muito difíceis de serem aceitos pelo governo no curto prazo. Caldas lembrou que a Cide, cobrada sobre a gasolina, e o reajuste do combustível do petróleo, medidas que dariam maior competitividade ao etanol, afetam toda a economia por conta do impacto na inflação e enfrentam resistência em outras áreas do governo. "Eu entendo os outros ministérios quando dizem que não dá no momento. Quando aumenta um ponto de inflação, isso afeta toda a economia. Você pode beneficiar um setor, mas isso afeta toda a economia", ressaltou. "É muito mais complexo, não digo impossível, de ser feito (atendido) no ritmo que o setor espera", completou ele, em entrevista ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, durante evento em Sertãozinho (SP).

Leia mais em
http://www.parana-online.com.br/editoria/economia/news/816870/

 

PPSA estima que 1/3 do pré-sal já tenha sido descoberto

 

O presidente da Pré-Sal Petróleo S/A (PPSA), Oswaldo Pedrosa, afirmou sexta-feira que as estimativas indicam que cerca de um terço de todo o pré-sal brasileiro já tenha sido descoberto, com volumes entre 28 bilhões e 35 bilhões de barris de óleo equivalente. O volume já contempla as áreas contratadas sob regime de partilha, cessão onerosa e também por contratação direta, a exemplo das quatro áreas com volumes excedentes aos contratos de cessão onerosa da Petrobras. "São números que apresentamos referente ao que já foi descoberto e inclui todas as áreas contratadas", afirmou Pedrosa para uma plateia de empresários da cadeia de óleo e gás do Rio, durante a conferência "Libra: Repercussões para o mercado e o que esperar do novo modelo de partilha", realizada pela Câmara Americana de Comércio do Rio de Janeiro (Amcham). "É um potencial incrível e os leilões que vierem a acontecer não serão como Libra, com poços perfurados anteriormente", ressaltou.

Leia mais em
http://exame.abril.com.br/economia/noticias/ppsa-estima-que-1-3

 

Postos de combustíveis deverão fazer manutenção periódica de aparelhos de calibragem

 

Postos de combustíveis devem ser obrigados a fazer a manutenção periódica de equipamentos de calibragem de pneus. É o que determina o Projeto de Lei nº 376/11, aprovado pela Comissão de Constituição de Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados e que segue para avaliação de outras comissões até chegar ao Senado. A proposta é oferecer garantias de economia de combustível e segurança para os usuários. Agora, o projeto segue para as comissões de Defesa do Consumidor e de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio. Se for aprovado, seguirá para o Senado. Conforme justificativa do projeto, pneus com pressão abaixo do especificado no manual do veículo aumentam a aderência ao solo, podendo causar desgastes irregulares e danos internos. Já o contrário, pneus com pressão acima do indicado reduzem a área de contato com o solo, tornando-o mais susceptível a danos por impacto e a perfurações.

Leia mais em
http://www.jornaldiadia.com.br/news/noticia.php?Id=34058#.U9WdPuNdX2V

 

A guerra da gasolina

 

A partir deste mês, encher o tanque de combustível não será uma tarefa tão simples quanto apenas escolher etanol ou gasolina. Duas das grandes distribuidoras do Brasil, a Petrobras Distribuidora e a Shell, marca controlada pela Raízen, anunciaram no início da semana as vendas de novas gasolinas aditivadas em seus postos. São fórmulas avançadas que se traduzem em duas novas marcas para o consumidor e, consequentemente, na expectativa de mais negócios. Líder do mercado, a rede de distribuição ligada à Petrobras já abastece os seus clientes com a marca Petrobras Grid. Já a Shell promete, para a segunda semana de agosto, vender a Shell V-Power Nitro+. Na disputa pelo aumento de margem de lucro do setor, essa estratégia é considerada a principal parte do plano de produtos das duas empresas neste ano.

Leia mais em
http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/negocios/20140725/guerra-gasolina/174881.shtml

 

Posto de gasolina acolhe animais de rua durante o frio no RS

 

Nas últimas semanas, fez bastante frio em diversas partes do país. Porém, o frio fica ainda pior para quem não tem como se agasalhar. Assim como os moradores de rua, animais abandonados e desaparecidos também sofrem bastante com os dias gelados. Eles costumam procurar abrigo em comércios e casas, mas nem sempre são bem recebidos. No entanto, encontraram um lugar quentinho em em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Um posto de gasolina conquistou moradores da região ao acolher os cães que precisavam de ajuda. Funcionários improvisaram bacias e cobertores para receber os hóspedes durante o inverno, e ainda oferecem água e ração. A comerciante Cinthia Cramer flagrou a boa ação ao abastecer o carro no local. Sua postagem no Facebook já tem quase quatro mil compartilhamentos. “Fiquei olhando admirada, mas só tinha visto um cão. Resolvi descer para ver de perto. Foi quando me deparei com os outros todos acomodados em suas devidas bacias. Achei o máximo. Me emocionei com a criatividade e fotografei. Eles nem me deram bola, continuaram no aconchego. São uns queridos”, contou. Outros moradores da região também visitaram o local. Avisam que os funcionários estão precisando de ração para alimentar os animais. Esperamos que mais pessoas se sensibilizem e apoiem a iniciativa.

Leia mais em
http://revistagloborural.globo.com/Colunas/planeta-bicho/noticia/20